Nova diretoria do Sindicato dos Técnicos Agrícolas de Nível Médio do Estado do Rio Grande do Sul – SINTARGS

Foi empossada em abril, no auditório da Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária – FEPAGRO tendo como novo presidente o técnico agrícola Luiz Roberto Dalpiaz Rech. Com a honrosa participação dos três secretários estaduais das pastas do Desenvolvimento Rural e Cooperativismo, Tarcísio José Minetto, Agricultura e Pecuária, Ernani Polo (representando o governador José Ivo Sartori) e da Educação, Vieira da Cunha,  o técnico agrícola Carlos Dinarte Coelho agradeceu o apoio recebido durante a sua gestão e conclamou o governo estadual para melhorar o sistema de educação profissional, especialmente as escolas agrotécicas, e a continuidade dos programas de valorização dos serviços técnicos agropecuários no estado. Coelho está determinado pela categoria para atuar nos projetos nacionais de desmembramento dos técnicos do sistema CONFEA/CREA, no salário mínimo profissional e em apoiar a categoria nos estados em que enfretam problemas de organização formal para valorização da classe.

A nova diretoria dará sequência ao trabalho em andamento, sempre em busca da valorização e reconhecimento do técnico agrícola, tanto no setor público como nas instituições e empresas privadas. Com enfase nos setores da defesa sanitária agropecuéria, na assistência técnica e extensão rural, no cooperativismo, na aviação agrícola, no setor de carnes, avícola e no ensino técnico.

Com mais de onze mil técnicos, o SINTARGS pretende a participação de todos os trinta mil técnicos que atuam no Rio Grande do Sul nesse processo de valorização da classe, sempre visando o bem coletivo e a sociedade gaúcha e brasileira. Estruturado em 29 Coordenadorias Regionais, o sindicato pretende estar mais junto aos seus filiados e garantir maior participação coletiva e com isso avançar nas conquistas profissionais.

Dois painéis foram apresentados durante a solenidade de posse que culminou com um grande churrasco gaúcho, seguindo as tradições do Rio Grande do Sul.

O Conselho Profissional dos Técnicos apresentado pelo Deputado Federal e técnico agrícola Giovani Cherini e o representante do Ministério do Trabalho e Emprego Dr. Fábio Batistello que demosntraram com claresa a importância do conselho próprio para a categoria a exemplo de outras categorias profissionais. Ter seu conselho profissional é o reconhecimento público e social da profissão afirmou o Deputado Cherini. Já, Dr. Fábio apresentou o trabalho do ministério em atender a demanda da categoria e as necessidades da sociedade, as quais o governo deve estar atento e o conselho dos técnicos tem todas as condições técnicas para ser concretizado.

O segundo painel “Desenvolvimento Rural sustentável” foi apresentado pelo Deputado Federal Heitor Schuch e pelo Secretário do Desenvolvimento Rural do Estado do Rio Grande do Sul